Notícias sobre Açores


Prova de Vinhos

06 outubro 2018

Prova de Vinhos - Wine in the Azores Prova de Vinhos - Wine in the Azores

http://www.wineinazores.com/

O Azores Airlines Rallye irá abrir o FIA ERC em 2018

07 fevereiro 2018

Rallye Azores 2018 Rallye Azores 2018

A prestigiada prova centrada no meio do Atlântico volta a ser a 1.º do calendário

Todos os caminhos irão dar à Letónia: o Rally Liepaja concluí a época

O calendário completo será anunciado logo após o Conselho Mundial do Desporto Motorizado FIA

O Campeonato FIA da Europa de Ralis de 2018 arranca com o Azores Airlines Rally, que decorre entre 22 e 24 de março e termina com o Rally Liepaja, que se realiza entre 12 e 14 de outubro.

Seis provas irão realizar-se pelo meio, incluindo o Rally Islas Canarias, entre 3 e 5 de maio, com a totalidade do calendário a ser anunciado logo após o Conselho Mundial do Desporto Motorizado FIA, que se realiza em Paris, a 6 de dezembro.

Isso significa que o formato de oito provas para o calendário FIA ERC, que foi pela primeira vez testado, e com sucesso, em 2017, irá continuar incluindo um misto de provas em pisos de terra e asfalto.

O coordenador geral do ERC, Jean-Baptiste Ley disse “estamos muito entusiasmados por anunciar alguns factos preliminares sobre o calendário para 2018 e muito ansiosos pela divulgação do calendário completo da próxima temporada. Iniciar o FIA ERC nos Açores em Março foi um grande sucesso e estamos muito contentes por poder continuar a sustentar o nosso sucesso dessa forma, assegurando que a nova época desportiva vai arrancar da melhor forma, num dos mais espetaculares eventos do calendário. Estamos também muito satisfeitos pelo fato do Rally Liepaja concluir uma temporada que já se adivinha como uma excelente forma de comemorar o 66.º aniversário do Campeonato FIA da Europa de Ralis.”

O Rally Islas Canarias irá continuar a ocupar o seu slot tradicional no inicio de maio, sendo a segunda prova do calendário e a primeira em pisos de asfalto. O Rally Liepaja disputar-se-á uma semana mais tarde daquilo que aconteceu em 2017, para evitar incompatibilidades entre os calendários do campeonato do Mundo e do campeonato da Europa.

Depois de ter sido o anfitrião da ronda final da temporada de 2017 e ser palco das decisões dos últimos cinco títulos europeus FIA de ralis, o Rally Liepaja irá novamente ser a prova decisiva da temporada de 2018.

Promovido pelo Eurosport Events, ao abrigo de um acordo com duração de 10 anos celebrado pelo regulador mundial do desporto motorizado e disputado, pela primeira vez, em 1953, o Campeonato FIA da Europa de Ralis é o derradeiro espaço para promoção e preparação de jovens talentos que almejam chegar ao topo. Providenciando um caminho claro de progressão desde o panorama nacional até aos palcos mundiais, a mais antiga competição internacional de ralis está aberta a todos, onde a idade não constitui barreira para se competir

Feira Medieval

20 julho 2017

Feira MEdieval - Medieval Fair Feira MEdieval - Medieval Fair

Feira Quinhentista na Ribeira Grande 2017

Julho, 13 | 19:00 - Julho, 17 | 0:00

 

Programa:

13 de julho 

19:00 h – Abertura do mercado e cortejo de abertura do arraial.

19:30 h – Discurso do enviado d’el Rei sobre os novos forais  e anúncio dos artistas.

20:30 h – Marinheiros provocarão desacatos na zona das tabernas.

22:00 h – Velhos marinheiros contam histórias das suas aventuras.

00:00 h – Teatro de fogo e espetáculos de pirotecnia.

 

14 de julho

19:00 h – Mostra ao burgo dos tambores do reino.

19:30h – Visita do almotacem  e do meirinho aos mercadores e mesteirais.

20:30 h – Torneio a cavalo.

00:30 h – Espetáculo de malabares de fogo na escadaria na Igreja da Matriz.

 

15 de julho

18:30 h – Treinos de combate dos cavaleiros e visita do meirinho aos tendeiros e mesteirais; adubamento de cavaleiros.

19:00 h – Festa da corte, danças mouriscas, dança sufi e encantadores de serpentes.

20:00 h – Mesa do tabelião entre os moradores de Vila Franca do Campo e dos da Ribeira Grande.

20:30 h – Torneio a cavalo.

00:30 h – Espetáculo de malabares de fogo e pirotecnia.

 

16 de julho

18:30 h – Arruada pelas ruas do burgo e visita meirinho aos mercadores e mesteirais; adubamento de cavaleiros.

19:00 h – Cortejo solene pelas ruas do burgo para receber o emissário d’El-Rei.

20:00 h – Piratas da berberia sarracena atacam o porto.

20:30 h – Danças mouriscas, dança do ventre e dança thanora; os milicianos da capitania resgatam os reféns aprisionados aos invasores.

22:00 h – Um grupo de marinheiros naufraga junto à costa. Danças populares de cariz quinhentista com zaragatas.

00:00 h – Passagem dos beleguins, de lampião, pelas ruas e praças.

Açores são as segundas melhores ilhas do mundo, diz National Geographic

13 janeiro 2016

A revista National Geographic Traveler elegeu o arquipélago dos Açores, em Portugal, como as segundas melhores ilhas do mundo, atrás das ilhas Faroé, na Dinamarca. No artigo Best Rated Islands são avaliados 111 destinos por 522 peritos em turismo sustentável.

Os Açores obtêm 84 em 100 pontos, sendo definidos como “sítio paradisíaco, com construções bem conservadas, natureza respeitada e habitantes sofisticados, cuja maioria já viveu fora”. Os caprichos do clima “impedem” a massificação de turistas seduzidos “pelas montanhas vulcânicas, pelos vales verdejantes das Flores ou pelas baías da Terceira”.

O arquipélago da Madeira surge em 70.º lugar, com 61 pontos. Apesar da reputação de turismo de alta qualidade, belos cenários, magníficos jardins, canais de água antigos, religiosidade marcante e o charme do fado, a Madeira sofreu como o desenvolvimento massivo da hotelaria e dos edifícios demasiado altos, referem os especialistas.

Foram seleccionados os destinos em risco de ceder à pressão turística e que conseguiram encontrar um equilíbrio. O restante top 10 inclui, e por ordem, Lofoten, na Noruega, Shetland, na Escócia, Chiloé, no Chile, Skye, na Escócia, Kangaroo, na África do Sul, Mackinac, nos EUA, a ilha da Islândia, e Molokai (Hawai), nos EUA.

Entre as ilhas ou arquipélagos que se encontram pior classificados estão algumas das principais rotas turísticas mundiais. Listam-se, também por ordem, S. Tomás (Virgens), nos EUA, Ibiza, na Espanha, e Providenciais, nas Turcas e Caicos.

Juntam-se ainda a ilha da Jamaica, Hilton Head, nos EUA, Phuket, na Tailândia, Key West, nos EUA, Oahu (Hawai), nos EUA, Cozumel, no México, e ainda St. Martin, nas Caraíbas.